segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Há qualquer coisa

Há qualquer coisa em ti que me deixa curiosa. 
Há qualquer coisa no sorriso aberto e, ao mesmo tempo, tímido que me mostras quando passo por ti e não podemos falar. (Gosto da forma como os teus olhos também me sorriem). 
Há qualquer coisa na forma natural como conversas comigo com um à vontade de quem - parece - me conhece há anos. E afinal só nos conhecemos há um par de semanas. 
És o inesperado por que tenho estado à espera? Ou estás só de passagem e eu estou a ver coisas a mais?
Por uma vez não quero saber. Por uma vez e em bom português... que se lixe! Vamos ver o que mais me vais mostrar e vamos ver o que mais te vou mostrar. E, depois, se for tempo de dar, vamos ver qual é o caminho.

Há qualquer coisa em ti.

M


Sem comentários:

Enviar um comentário