segunda-feira, 23 de maio de 2011

It can go on forever

 "There's a reason I said I'd be happy alone. It wasn't because I thought I'd be happy alone,  it was because I thought if I loved someone and then it fell apart, I might not make it. It's easier to be alone. Because, what if you learn that you need love... and then you don't have it? What if you like it? And lean on it? What if you shape your life around it... and then it falls apart? Can you even survive that kind of pain? Losing love is like organ damage, it's like dying... The only difference is that death ends. This? It can go one forever."

Anatomia de Grey




M

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Com o tempo




  É fim do dia, e o sol cai silencioso no horizonte. Fecho os olhos, abro os olhos, tudo continua no mesmo lugar. Há coisas que não mudam... Os caminhos, os lugares, os olhares, os sentimentos, é estranho como se alteram, é estranho como as pessoas os vêem alterar e deixam as coisas acontecer. Depois correm, gritam, perguntam-se em que é que erraram se nada se alterou.. Não sabem que o maior erro foi esse, o não saber ver que nas entrelinhas havia coisas diferentes, que o tempo muda as coisas que se deixam ir e torna mais fortes as que lutam por permanecer.
     Conto os passos que dou na direcção que não quero seguir, os pensamentos vão parar onde não posso estar e por vezes o eco faz-me escrever, dizer, pensar coisas sem nexo que a pouco e pouco vou deixando ir.

M