quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Thoughts

E, por acaso, encontrei "isto"...

M


I was just thinking about mortality, that one of these days we’ll end up a pile of bones. It’s a thought for every human being, whether you believe in an after-life or that when we die, that’s it. The thought that all the beautiful things and knowledge and experiences you’ve been through just end when you end scares me, the thought that when you close your eyes for good, it’s gone forever."



Jerry Cantrell about “Them Bones”

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Gostava de conseguir escrever uma música assim.

M
Mais um dia em vão no jogo em que ninguém ganhou
Dá mais cartas, baixa a luz e vem esquecer o amor
És tu quem quer
Sou eu quem não quer ver que tudo é tão maior
Aqui está frio demais para apostar em mim.
Vê que a noite pode ser tão pouco como nós
Neste quarto o tempo é medo e o medo faz-nos sós
És tu quem quer
Mas eu só sei ver que o tempo já passou e eu fugi
Que aqui está frio demais para me sentir... mas queres
ficar?
Queres levar
Tudo o que é meu
É tudo o que eu
Não sei largar
Vem rasgar o escuro desta chuva que sujou!
Vem que a água vai lavar o que me dói!
Vem que nem o último a cair vai perder.