sábado, 26 de dezembro de 2015

Ideia lamechas

Não acredito no destino, mas sempre acreditei em finais felizes. Sempre tive tendência a acreditar que algures há algo melhor à minha espera.

Tenho esta ideia lamechas de que cada um deve tem o seu "encaixe", mais ou menos à medida. A história das almas gémeas está gasta e não tem piada (pelo menos para mim). Talvez sejamos mesmo como as peças de um puzzle, com um recorte aqui e ali. Há quem encaixe e acabe por estar errado e há-de haver, por fim, o que encaixa e fica sem um prazo de validade.

Para mim ainda não chegou essa peça, para mim os outros encaixes são complicados de confiar. Mas pode ser que esteja a chegar? Estou aqui, em espera. Estou aqui, sem pressa. Estou aqui e a peça do puzzle que encaixa em mim há-de andar por aí.

M