terça-feira, 25 de outubro de 2011

O outro lado das coisas

Não é a ideia de perder que assusta, é a ideia de perder alguém de quem se gosta.
Não é a despedida que custa, é o virar de costas para ir embora.
Não é a efemeridade das coisas que mete medo, é o não saber aproveitar o tempo que duram.
Não é o escrever que revela o que somos, é aquilo que fazemos antes e depois da escrita.

Mudar não é mau quando se muda para algo melhor.
Cair custa menos se soubermos que alguém vai estar lá para nos ajudar a levantar.
Ter saudades dói menos quando sabemos que o dia de acabar com as ausências já esteve mais longe.

Ás vezes é bom ver o outro lado das coisas, olhar para lá do que os olhos podem ver e do que o coração sente.

M


3 comentários:

  1. Gostei desse teu outro lado das coisas! Não podia concordar mais contigo ;)

    Sara

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Gostei mt, mtas verdades :D

    nova seguidora para ti ^^
    beijinho!

    ResponderEliminar